Partilhar nas Redes Sociais

Métodos Quantitativos são um conjunto de meios que permitem um conhecimento científico baseado em procedimentos sistemáticos para a descrição e explicação de fenómenos. O seu processo passa pela delimitação do problema; definição dos objetivos específicos; realização e interpretação de dados.
Assim sendo, os métodos quantitativos utilizam-se na quantificação e na coleta de informações, bem como no seu tratamento por meio de técnicas estatísticas, das quais passaremos a citar algumas.

Métodos quantitativos

A pesquisa quantitativa vem da tradição das ciências naturais, onde as variáveis observadas são reduzidas, objetivas e medidas em escalas Métodos Quantitativos Explicaçõesnuméricas. Deste modo a pesquisa quantitativa baseia-se numa visão dita positivista onde:
• as variáveis a serem observadas são consideradas objetivas, isto é, diferentes observadores obterão os mesmos resultados em observações distintas;
• não há desacordo do que é melhor e o que é pior para os valores dessas variáveis objetivas;
• medições numéricas são consideradas mais ricas que descrições verbais, pois elas adequam-se à manipulação estatística

Os métodos quantitativos também auxiliam a organização a controlar a logística, os custos, a afetação dos recursos tangíveis e intangíveis, bem como na utilização dos equipamentos, a otimização de seus contratos, e rendimento de seus investimentos, entre outras aplicações.

Cabe aqui ressaltar que apesar de o paradigma quantitativo ser mais tradicional e aparentar ter mais força entre os investigadores do meio científico, a visão qualitativa vem ganhando mais força e mais adeptos na área de Administração. Atualmente existe uma tentativa de serem utilizados os dois métodos como um poderoso instrumento de pesquisa e avaliação de desempenho.

1 – O Teste de Hipóteses: É um método para verificar se os dados são compatíveis com a hipótese, podendo muitas vezes sugerir a não validade da mesma. O teste de hipóteses é um procedimento estatístico baseado na análise de uma amostra, através da teoria de probabilidades, usado para avaliar determinados parâmetros que são desconhecidos numa população. O seu objetivo é inferir se uma afirmação, sobre parâmetros de uma ou mais populações é, ou não, apoiada pela evidência obtida de dados amostrais.

2- A Regressão Linear: Por vezes estamos interessados em saber se existe associação entre duas variáveis quantitativas x e y, mas também a hipótese a respeito de uma provável relação de causa e efeito entre variáveis.

Desejamos saber se y “depende” de x. Neste caso, y é chamado de variável dependente ou variável resposta, e x é chamado de variável independente. Na regressão linear, temos a hipótese de que o valor de y depende do valor de x e expressamos matematicamente esta relação por meio de uma equação, assumindo que a associação entre x e y é linear, ou seja, descrita adequadamente por uma reta.
A regressão é usada com duas finalidades: de previsão (prever o valor de y a partir do valor de x) e estimar o quanto x influencia ou modifica y.

3- A Programação Linear: (PL) é uma das técnicas da Pesquisa Operacional mais utilizadas em problemas de otimização. A Programação Linear busca a distribuição eficiente de recursos limitados para atender um determinado objetivo, em geral, maximização de lucros versus minimização de custos.

Métodos Quantitativos Explicações

Esse objetivo é expresso através de uma função linear, denominada de “Função Objetivo”, que se combina com as restrições de recursos do problema para gerar uma otimização.

Contacte-nos agora mesmo

Explicações Preços