Partilhar nas Redes Sociais

Contabilidade Analítica Explicações

A contabilidade analítica teve o seu maior impulso aquando da Revolução Industrial, tendo surgido como contabilidade industrial. A partir dessa data, deixou de ser uma simples avaliação de stocks, para as diferentes técnicas de custeio, conduzindo ao nome atual de Contabilidade analítica.
No século XX começaram a surgir as teorias e técnicas de contabilidade de gestão na Europa e mais tarde nos Estados Unidos. As novas propostas formariam a maior parte do escopo atribuído a vertente da contabilidade gerencial e contabilidade estratégica.

Logo, a contabilidade analítica ou contabilidade de custos também designada por contabilidade de gestão ou ainda por contabilidade interna; esta é um ramo da contabilidade essencial na tomada de decisões para a gestão e administração das empresas.

Ao contrário da contabilidade financeira, que prepara instrumentos avaliativos para as entidades externas a empresa, a contabilidade analítica tem uma visão interna, pormenorizada e destina-se aos órgãos administrativos e de gestão da empresa.

Assim sendo, podemos questionar então o que é a Contabilidade Analítica?
Por definição a contabilidade analítica é um ramo que analisa os quadros e mapas de gastos e ganhos empresariais, nomeadamente os balanços, as demonstrações de contas e fluxos de caixa para estes auxiliarem os gestores intermédios e de topo na gestão da empresa.explicação ensino superior

O seu objetivo é apurar os resultados de cada atividade, pois esta permite, por exemplo, determinar o total de vendas, os gastos correspondentes e o resultado, por ramos de atividade, produtos, serviços, clientes ou outros elementos. Pode ser também utilizada na avaliação de projetos de investimento, visando perceber se devem ser realizados e financiados ou não com capitais próprios ou alheios.

Vantagens
Permite um elevado volume de informações úteis à gestão.
Saber mais detalhes sobre os seus stackholders, permitindo ao gestor adotar diferentes estratégias, o que pode alavancar as vendas ou melhorar o processo de recebimentos. Também podem ser detalhados os gastos numa determinada área da empresa e compreender onde o dinheiro está a ser aplicado.

Ao detalharem-se e classificarem-se os gastos, numa determinada área da empresa e compreender onde o dinheiro está a ser aplicado podem ser definidos objetivos de diminuição, substituição ou cortes.

Outra vantagem da contabilidade analítica centra-se na rentabilidade do produto pois permite estabelecer padrões e previsões quanto ao presente e ao futuro.Contabilidade Análitica Explicações

Assim sendo, podemos definir os Objetivos da Contabilidade Analítica como:

1- Conhecer os custos de cada atividade da empresa;
2- Prever as vendas do produto;
3- Perceber os resultados;
4- Recolher informações para a planificação e controlo;
5- Conhecer previsões de gastos e receitas.
Assim, a contabilidade analítica deverá ajudar a responder a questões como:

Onde Investir?
Quais os produtos e quantidades a produzir?
Fabricar ou distribuir?
Qual o preço?

Desse modo, a contabilidade analítica revela-se fulcral na tomada de decisão na gestão das empresas, requerendo para o facto a aplicação de métodos de custeio para que, no final do processo, seja possível obter-se o valor a ser atribuído ao objeto de estudo.

Os principais métodos de custeio são:

Custeio por absorção;
Custeio variável ou direto;
Custeio ABC – Activity Based Costing;
Entre outros.

Contabilidade Analítica Explicações

Contacte-nos agora mesmo. Mesmo em Férias! 926 838 982